Volkswagen revela a Tarok Concept no Salão do Automóvel de São Paulo

Notícias - Volkswagen revela a Tarok Concept no Salão do Automóvel de São Paulo
Volkswagen revela a Tarok Concept no Salão do Automóvel de São Paulo

Volkswagen revela a Tarok Concept no Salão do Automóvel de São Paulo

Nova picape chegará ao mercado para brigar com a Toro e a Oroch

A Volkswagen revelou sua nova picape, ainda como conceito, no Salão Internacional do Automóvel de São Paulo. A Tarok Concept, inspirada no novo SUV T-Cross, chega em breve ao mercado brasileiro com uma versão de série. Ela vai figurar entre a Saveiro e a Amarok para disputar o mercado com a Fiat Toro e a Renault Oroch, que têm o mesmo porte. Destinada para todo terreno, a Tarok tem tração nas quatro rodas e combina as características da última geração de SUVs digitalmente conectados com a versatilidade de uma picape de cinco metros bem projetada.

A Tarok Concept, cujo projeto está praticamente finalizado e pode ser que esse nome não seja o registro definitivo, é equipada com um motor TSI de quatro cilindros e 1,4 litro, com 150 cv (110 kW) Total Flex. O motor TSI TotalFlex gera torque máximo de 250 Nm (25,4 kgfm) a 1.500 rpm (até 3.500 rpm), combinado com uma caixa de câmbio automática de seis marchas e tração integral permanente 4MOTION.

Apresentando um conceito totalmente novo de picape, a Tarok Concept é capaz de transportar objetos com até 1,86 metro de comprimento. Esta é uma marca de topo no segmento, obtida por meio do uso de uma nova solução que permite a expansão da área de carga através de um painel traseiro dobrável na espaçosa cabine dupla de quatro portas. Assim como essa solução técnica, a picape foi desenhada a partir do zero.

Plataforma MQB

A Tarok Concept é a segunda picape conceitual baseada na Estratégia Modular MQB. A primeira foi a picape Atlas Tanoak , apresentada em 2018, em Nova York, nos EUA. As duas picapes têm em comum a ótima utilização de espaço, de forma inusitada. Essa é uma característica estrutural da MQB. Os eixos são posicionados muito mais afastados, criando uma distância entre-eixos especialmente alongada, ótimo conjunto e balanços curtos e bem definidos.

Como inovação, a Volkswagen do Brasil apresenta na Tarok Concept um conceito de área de carga variável. O espaço do assoalho pode ser ampliado não apenas pela abertura da tampa da caçamba, mas também utilizando um novo mecanismo para deitar o painel traseiro da cabine de passageiros. Isso permite, por exemplo, que a parte traseira da cabine também possa ser usada para levar objetos mais longos. Para colaborar com essa versatilidade, a capacidade máxima de carga é elevada: uma tonelada.

A largura da área de carga entre os arcos das rodas é de 1.090 mm. As laterais são bem altas, com 600 mm. A área de carga da picape tem 1.206 mm de comprimento na configuração normal. Quando a tampa traseira é aberta, a área de carga aumenta em 695 mm. Além disso, a área de carga com um único nível pode ser aumentada em mais 655 mm, como explicado acima, pela abertura ou rebatimento do painel traseiro da cabine e o rebatimento dos três assentos traseiros. Isso eleva o comprimento total para 2.775 mm, maior até que picapes de classe superior.

Os bancos traseiros são destravados e dobrados de forma compacta, utilizando um mecanismo que pode ser operado rapidamente. O painel traseiro é então bloqueado desde o interior da cabine por uma trava operada eletricamente. Um sistema de vedação assegura que o interior seja protegido eficientemente contra a umidade.

Dimensões externas

A nova Tarok Concept é o maior modelo da Volkswagen com projeto baseado na MQB até agora, ao lado da Tanoak. Com 4.914 mm de comprimento, ela é posicionada em tamanho no Brasil entre o SUV Tiguan Allspace (4.821 mm) e a picape Amarok (5.191 mm). A picape Saveiro é menor, com 4.497 mm de comprimento. A Tarok Concept tem 1.830 mm de largura (sem os espelhos externos) e 1.677 (sem os trilhos do teto). Uma grande distância de 2.990 mm separa os eixos dianteiro e traseiro. Os balanços são curtos, com 914 mm na frente e 1.010 mm na traseira.

4MOTION Active Control

Localizado atrás do câmbio fica o 4MOTION Active Control, um botão rotativo multifuncional para controlar as funções da tração integral e modos de condução associados a elas. O motorista o utiliza para ativar quatro modos e vários menus pop-up. Se o motorista virar o botão rotativo para a esquerda, terá acesso a dois perfis, “Street” (rua) e “Snow” (neve). Se o botão for virado para a direita, abrem-se dois perfis off-road: ‘Offroad’ (regulagem automática de parâmetros off-road) ou ‘Offroad Individual’ (regulagens variáveis).

O 4MOTION Active Control pode ser usado para adaptar em segundos todos os sistemas de assistência relevantes à situação de condução. Os perfis de condução “Comfort”, “Normal”, “Sport”, “Eco” e “Individual”, selecionados através do 4MOTION Active Control, também são integrados. Esses perfis são usados para customizar parâmetros como o motor, câmbio automático, controle de climatização e a direção eletromecânica.

 

Fonte: DM Autos